Radio Liberdade

Pombal, 19 de agosto de 2017 - 09:50

Publicidade



  • Radio Liberdade
  • Radio Liberdade

Ocorrência envolvendo ex e atual esposo de mulher termina na Delegacia de Polícia de Pombal

Publicado em 10.08.2017
Ocorrência envolvendo ex e atual esposo de mulher termina na Delegacia de Polícia de Pombal

Um fato resultou em ocorrência policial, na noite desta quarta-feira (09).

De acordo com informações repassadas pelo plantão da Delegacia de Polícia Civil, a situação teve início por volta das 13h30, quando a funcionária do Supermercado Maia, Raiane de Sousa Lima (27), seguia para o trabalho após horário de almoço.

Em dado instante foi surpreendida pelo ex-esposo identificado como sendo Emanoel Fernandes Alves Junior (Junior), que teria jogado a motocicleta que conduzia contra ela.

Segundo Raiane Lima,chegou a afirmar em tom de ameaça que dá próxima vez não erraria.

Ao chegar ao local de trabalho bastante nervosa a funcionária foi questionada sobre o que teria acontecido, neste momento foi orientada a prestar B.O., porém não quis.

Ao relatar o fato ao seu companheiro, o popular Fábio Soares da Silva (Fábio Rits), foi até a residência de “Junior” com a intenção de falar com ele, porém não o localizando.

No início da noite “Junho” é que foi à residência de Fábio, de posse de uma arma e durante a discussão, Fábio conseguiu tomar o revólver que estava municiado.

Um disparo chegou a ser efetuado, porém não acertando o ex-esposo da vítima que evadiu-se do local.

A polícia foi acionada tendo Fabio Soares sido encaminhado a DP onde permanece detido. A informação é que o revólver teria disparado acidentalmente.

Raiane Lima, que reside à Rua João Pacífico de Sousa (Santo Amaro), disse estar separada de “Junho” há quase três anos, informando também que o ex-marido atualmente já é casado com outra pessoa, enquanto o seu relacionamento com “Fábio” já dura cerca de um ano e seis meses.

Após o incidente Emanoel Fernandes Alves Junior evadiu-se e a polícia tenta localizá-lo ou aguarda sua presença para explicar as circunstâncias que levaram ao fato. Ou seja, ouvir as partes envolvidas.

Redação – Portal Liberdade PB

comentários